Quarter-life Crisis!

Tempo de leitura: 1 minuto

Esses dias li uma pesquisa que revela que aproximadamente 80% dos profissionais no Brasil, com idade entre 25 e 33 anos, afirmam enfrentar a crise dos 25 (quarter-life crisis). É o primeiro momento de dúvida, em que convergem pressões sociais com relação ao trabalho e à vida pessoal e o profissional tende a fazer uma reavaliação de suas escolhas.
São jovens que questionam se escolheram o melhor curso de graduação, se trabalham na função certa, se são felizes ao acordar na segunda-feira pela manhã ou se sentem motivados com suas conquistas. A pesquisa também identificou outros motivos que ajudam a aumentar a ansiedade e crise destes profissionais:
– Encontrar um emprego pelo qual se apaixone (46%);
– Ter as qualificações certas (39%);
– Contrair dívidas (37%);
– Receber uma promoção (35%);
A idade em que os brasileiros se sentem mais pressionados sobre suas escolhas é entre 32 e 33 anos e 75% dos entrevistados dizem que a pressão afeta seus relacionamentos, sua carreira e sua situação financeira.
Porque agimos assim? Não parece que temos a sensação de que devemos ser super heróis e acertar sempre? Somos pressionados para termos altos salários e sucesso em nossas Carreiras, mas precisamos é ter em mente que decisões podem ser revistas ao longo do tempo e há sempre a possibilidade de ter pessoas (mentores) que possam aconselhar e compartilhar suas experiências.
Todos têm seu tempo e sua maneira de conduzir suas carreiras. Assim como nosso DNA é único, nosso comportamento e suas relações nos levam a Carreiras únicas. O importante é estarmos atentos as oportunidades, buscar fazer o melhor diante delas e realizar nosso trabalho com propósito.

Gostou do conteúdo? Não deixe de seguir a uebile nas redes sociais, pois toda semana tem post novo aqui no blog com mais dicas para o seu impulso digital.