#1 Desvendando o JavaScript #iniciante

Tempo de leitura: 6 minutos

Depois de muitos pedidos a partir deste post iremos lançar uma categoria nova de conteúdos técnicos que serão divididos em níveis iniciantes, médio e avançados. A identificação de nivelamento de cada conteúdo será feita através de uma # + nivelamento ex #iniciante presente no titulo de cada postagem. Esses conteúdos demonstrarão mais na prática o mundo de desenvolvimento de software e um outro lado do nosso dia a dia vivido aqui na uebile. Serão series pequenas focando na prática iniciando sempre pelo conteúdo básico, para ir contextualizando você ponto a ponto sempre com uma linguagem direta e clara.

Para abrir esse categoria escolhemos nada mais nada menos que o tão famoso JavaScript. Para muitos é umas das linguagens mais amadas e para outros a mais odiada. Existem alguns mitos e curiosidades sobre ele que vamos desvendar aqui nesta serie, por isso não perca! Acompanhe post a post e se inscreva em nossa lista para receber novidades sobre este mundo audacioso.

JavaScript

O JavaScript hoje é uma das linguagens mais populares entre os devs do mercado de desenvolvimento de software, segundo o relatório da Stack Overflow ela está com 69,8% entre as linguagens de programação mais utilizadas ao redor do mundo, alcançando o topo entre as linguagens mais influentes no mercado.

  1. JavaScript (69.8%)
  2. HTML (68.5%)
  3. CSS (65.1%)
  4. SQL (57.0%)
  5. Java (45.3%)
  6. Bash/Shell (39.8%)
  7. Python (38.8%)
  8. C# (34.4%)
  9. PHP (30.7%)
  10. C

Pelo sexto ano consecutivo o JavaScript aparece em primeiro lugar no estudo. A sua popularidade é tão grande que a torna a linguagem de programação que mais ganha adeptos e entusiastas em todo mundo por ser tratar de uma linguagem considerada de fácil aprendizagem e acesso. Isso proporciona que surjam a cada dia, milhares de frameworks e bibliotecas, reforçando ainda mais o seu uso. Podemos encontra-la nos browsers (navegadores), smartphones, smart tvs, plugins para ferramentas conhecidas como photoshop e em até mesmo em widgets para sistemas operacionais como Mac OS e Windows.

Quem criou o JavaScript?

O JavaScript foi criado por Brendan Eich na Netscape (um dos precursores dos navegadores web) e não pela W3C, como muitos pensam. No inicio ele se chamava LiveScript, mas logo seu nome foi mudado para JavaScript, muitos dizem que tal escolha foi caracterizada como uma estratégia de marketing da Netscape para aproveitar a popularidade do recém-lançado Java e pelo Netscape ser na época o único browser que até então tinha suporte a tecnologia da extinta Sun. Mesmo assim o nome original é ECMAScript, por que o JavaScript é mantido pela European Computer Manufacturer’s Association. Ou seja, chame de JavaScript mesmo, que é como todo mundo chama. O JavaScript não é mantido pelo W3C e sim pela ECMA que mantém uma documentação da linguagem em seu site.

Como o JavaScript funciona

A primeira coisa que você precisa saber é que JavaScript não tem nada a ver com Java. Java é uma linguagem server-side (roda diretamente no servidor de aplicação), como PHP, Ruby, Python e tantas outras, e JavaScript é uma linguagem de programação client-side(roda diretamente no browser). A única coisa parecida entre eles é somente o nome mesmo. Ela é utilizada para controlar o HTML e CSS para manipular comportamentos na página diretamente na DOM(Document Object Model vamos falar mais sobre esse cara mais pra frente).

Mas quais comportamentos seriam esses ?

Comportamentos comuns, como por exemplo, uma ação a ser executada quando clicado em um item de uma página web ou uma simples passada de mouse para aparecimento de um sub-menu, isso tudo são comportamentos e ações executadas pelo JavaScript.

Camada Básicas

Existem três camadas básicas no desenvolvimento para Web:

  1. A informação que fica com o HTML;
  2. A formatação, que fica com o CSS;
  3. A de comportamento, que fica com o JavaScript;

O JavaScript é a terceira camada de desenvolvimento e ele manipula as duas primeiras camadas, isto é: HTML e CSS. Imagine que você precise de um slider de imagens. Toda a movimentação, ações de cliques nas setinhas e etc, é o JavaScript que vai cuidar. É isso que chamamos de comportamento.

Características da linguagem

Uma das características do JavaScript é que ele pode ser orientado a objetos, mas ainda é cedo demais para falar sobre esse assunto. Não vamos entrar em detalhes agora, não queremos que você se confunda. Mas saiba que um objeto na programação é um conjunto de informações ou um grupo de dados. Mas por hora, fique apenas com essas informações. Vamos nos aprofundar neste assunto em um momento mais oportuno pela frente. Ela também pode ser imperativa e funcional. Grave isso.

Hello World!

Depois das devidas apresentações vamos para a prática!

Vamos la fazer o nosso primeiro Hello World com JavaScript ? Aliás uma curiosidade você sabe a origem do termo Hello Word ?

O termo foi criado por Brian Kernighan em 1972, que escreveu um código em C no seu livro “A Linguagem de Programação C” (The C Programming Language) no primeiro capítulo e o código contido era o seguinte:

int main() {
   printf("Hello World!\n"); 
   return 0; 
}

Desde então este termo ainda é muito utilizado no meio da programação, quando você for fazer um curso de qualquer linguagem normalmente o professor iniciará lhe ensinando como exibir um “Hello World”.

Feito as devidas apresentações vamos ao nosso “Hello Word”:

Abra seu editor de código favorito e escreva a seguinte estrutura em HTML (falaremos mais sobre essa estrutura) :

<!DOCTYPE html>
<html lang="pt-br">
  <head>
    <title>Meu primeiro Hello Word em JavaScript</title>
    <meta charset="utf-8">
  </head>
  <body>
 
  </body>
</html> 

Agora, antes do </body> coloque este código:

<script type="text/javascript">
  alert('Hello World!');
</script>

O código final fica assim:

<!DOCTYPE html>
<html lang="pt-br">
  <head>
    <title>Meu primeiro Hello Word em JavaScript</title>
    <meta charset="utf-8">
  </head>
  <body>
 
  <script type="text/javascript">
    alert('Hello World!');
  </script>
  </body>
</html>

Salve o arquivo com o seguinte nome meu-primeiro-hello-word-em-js.html e pronto, você já escreveu seu primeiro código JavaScript. Abra esse documento HTML no browser e você vai ver uma janela de alerta aparecendo o seu primeiro “Hello World!”.

Nos próximos posts da serie abordaremos mais em conceitos práticos os fundamentos da linguagem, as boas e más práticas de programação e como de costume mais algumas curiosidades sobre esse cara.

Gostou do conteúdo? Não deixe de seguir a uebile nas redes sociais, pois toda semana tem post novo aqui no blog com mais dicas para o seu impulso digital.