Tecnologia e Comportamento

Tempo de leitura: 3 minutos

Você se considera um profissional moderno? Ou você está assustado com as constantes e urgentes mudanças no mercado de trabalho? Esses dias li um artigo falando sobre O Novo Profissional e sobre o quanto precisamos estar atentos aos avanços da tecnologia e as mudanças comportamentais nas relações profissionais. Pensando nisso, acredito que todo bom profissional deve ficar atento a dois pontos:
O primeiro ponto são os avanços tecnológicos como Big Data, Transformação digital, Inteligência artificial, Computação Quântica, entre outros. Todas essas coisas são uma realidade que está se tornando cada vez mais popularizada no mundo dos negócios e interfere diretamente em como devemos direcionar nossa Carreira. Muitas de nossas tarefas serão substituídas por máquinas e precisamos encontrar novas formas de fazer valer nossa inteligência em busca de novos resultados. Naquele mesmo artigo, li que estudos apontam que 65% das crianças que entram hoje no ensino fundamental irão trabalhar em uma função completamente nova no futuro, que não existe atualmente.
O segundo ponto, que pra mim é ainda mais importante e empolgante, são as mudanças comportamentais influenciadas por novos modelos mentais dos profissionais. Penso que não há espaço para profissionais passivos, acomodados e que buscam uma carreira estável e segura. Vivemos em um cenário onde as coisas mudam muito rápido e precisamos ser ágeis, empreendedores, inteiramente comprometidos com aquilo que fazemos. Esse é o comportamento dos profissionais das últimas gerações que estão engolindo as empresas e causam profundas mudanças. Exemplo disso é a popularização dos modelos mais flexíveis de terceirização e a atuação de especialistas em serviços temporários, consultorias e contratações por demanda.
Pense no caso da Uber: criada no auge da crise econômica de 2008, uma startup  se tornou um negócio avaliado em mais de 60 bilhões de dólares, superando empresas como Ford e General Motors. Isso sem comprar nenhum carro que aparece na tela do celular. O Uber não apenas modificou o setor de transportes individuais, mas se tornou o símbolo de novas relações de trabalho e fonte de rendas.
Sempre teremos um espaço para inovar em nossa atuação. Precisamos refletir sobre nossa atuação e entender quais áreas podemos permitir que a Revolução tecnológica atue e buscar constantes atualizações de comportamento. O primeiro passo é perceber que as mudanças estão acontecendo e caminhar lado a lado. Tudo que é inovador inicialmente causa resistência, medo ou ansiedade, mas não cristalize seus comportamentos e seu Mindset. Não permita que o seu Ego seja maior que sua capacidade de alcançar novos vôos. Agindo assim, os pensamentos fixos ou o seu ego não irão matar as iniciativas de inovação da sua empresa. Faça da sua carreira como o Uber, que entendeu sua fatia do mercado, buscou inovação para atrair seus objetivos, modernizou um serviço que já existia há muito tempo e ainda conseguiu atuar de forma flexível para atrair parceiros.

Gostou do conteúdo? Não deixe de seguir a uebile nas redes sociais, pois toda semana tem post novo aqui no blog com mais dicas para o seu impulso digital.