Scrum – Metodologia e propostas

Tempo de leitura: 3 minutos

Na correria da rotina de qualquer empresário, existe um desafio comum: o de gerenciar projetos que possam entregar bons resultados durante e no final do processo. Entregar esses resultados em um prazo menor e sem extrapolar o orçamento não é uma tarefa exatamente fácil para um empresário.

Nesse contexto, o método Scrum pode muito ajudar um empresário a entregar o melhor produto ou serviço para o seu cliente em um prazo cada vez menor.

O Scrum é uma ferramenta para gerenciamento de projetos que trabalha, principalmente, a questão dos prazos. Ou seja, é um método que promete mais agilidade a um processo produtivo, ao mesmo tempo em que aumenta a produtividade geral da empresa.

A seguir, saiba mais sobre esse método que facilita o gerenciamento de projetos na prática.

O que é o método Scrum?

O Scrum já é um termo bastante popular entre as empresas de Tecnologia da Informação. Ele é um termo frequentemente usado por equipes que trabalham, direta ou indiretamente, com o desenvolvimento de novos softwares.

Apesar disso, Scrum é um termo praticamente desconhecido por profissionais de outros ramos de atuação. Muitos profissionais da área de Controladoria e de Planejamento Estratégico, por exemplo, não conhecem esse termo.

Por isso, Scrum, à primeira vista, pode parecer um termo muito estranho de ser reconhecido. Porém, o significado por trás do termo é até muito simples. Scrum se refere a uma nova abordagem para a gestão de projetos empresariais.

Esse termo foi criado e teve seu método desenvolvido pela primeira vez pelo médico Jeff Sutherland.

Antes de se formar em Medicina pela Universidade do Colorado, Jeff Sutherland era piloto da aeronáutica. Nessa época, ele costumava comparar a gestão de uma empresa com a complexa missão de pousar um avião no solo.

Jeff defendia que o desafio por trás do pouso de um avião está exclusivamente no fato de que não há uma fórmula exata para fazer isso. Então, a cada momento, o piloto é forçado a fazer ajustes para fazer o melhor pouso possível dentro da rota. O mesmo, segundo Jeff, é válido para a gestão de uma empresa.

Assim como um piloto de avião trabalha fazendo todos os ajustes necessários durante o voo para pousar, o gestor de um projeto também deve trabalhar para aprimorar os trabalhos até a sua efetiva execução.

O que o método Scrum propõe

Nesse cenário, o método Scrum propõe que cada projeto da empresa seja dividido em pequenos ciclos de atividades. Cada ciclo de atividade deve contar com reuniões da equipe para fazer os ajustes necessários.

Nas reuniões que forem realizadas, a pauta deve ser as melhorias que podem ser feitas no projeto para que ele alcance melhores resultados para a empresa que nele apostou.

É preciso sempre priorizar a agilidade no processo, sem perder tempo com propostas que possam atrasar a conclusão do projeto. De nada adianta aplicar o Scrum se ele fará com que as etapas do seu projeto se prolonguem. Essa metodologia deve ser aplicada considerando reduzir o tempo de execução.

Assim como o exemplo do avião que foi popularizado por Jeff Sutherland, o método Scrum propõe que cada etapa do projeto seja acompanhada de perto por seu piloto. Ou seja, o seu gestor.

Assim como um piloto realiza vários ajustes no comando para aterrissar na rota de pouso, o gestor também deve estar preparado para tomar decisões que gerem mudanças na estrutura original do projeto.

Ou seja, com o Scrum, o projeto de uma empresa acaba se transformando em um projeto livre. É um método nada engessado, e que pode receber influências de várias áreas e departamentos da empresa.

Em resumo, o Scrum é uma metodologia ágil, que inclusive utiliza muitos dos conceitos criados no Manifesto Ágil, para melhorar os projetos da empresa que o implementa.

Gostou do conteúdo? Não deixe de seguir a uebile nas redes sociais, pois toda semana tem post novo aqui no blog com mais dicas para o seu impulso digital.